Maputo - O Parque Nacional do Limpopo (PNL) recebeu da International Anti-Poaching Foudantion (IAPF) material e equipamento de trabalho orçado em 300 mil euros para apoiar o combate à caça furtiva.

Segundo anuncia o "News Flash" do PNL, o donativo entregue esta semana, numa cerimónia orientada pelo director do projecto, Antony Alexader, inclui tendas, equipamento de campismo, equipamento médico, painéis solares, um telefone via satelite, um detector de metais e duas motorizadas.

A Anti-caça furtiva International Foundation Force providencia treinamento, equipamento, gestão e suporte aos fiscais que fazem parte da primeira e última linha de defesa da natureza.

O equipamento doado, de acordo com a fonte, já foi distribuído pelos fiscais e espera-se que possa ajudar a aumentar a sua eficácia na protecção de recursos naturais e florestais.

"Com o aumento do preço do corno de rinoceronte e ponta de marfim no mercado negro, os caçadores furtivos têm estado a sofisticar seus métodos de caça, razão pela qual é imperioso que as forças de protecção estejam bem equipadas para poderem combater, de forma eficaz, este mal", explica o documento.

Para além do PNL, em Moçambique, a IAPF apoia vários parques e áreas de conservação, incluindo as do "Grande Limpopo". AIM

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription