Praia - O Banco Africano de Exportação-Importação (Afreximbank) assinou um acordo de crédito de 57 milhões de euros para a construção de um hotel de cinco estrelas na praia de Santa Maria, em Cabo Verde, a favor do Grupo Decameron New Horizon sediado no país.

O presidente do Afreximbank, Jean-Louis Ekra, declarou, segunda-feira, que a aprovação do financiamento em duas fases se enquadra na estratégia do banco de facilitar o crescimento dos setores turísticos nos seus Estados-membros no quadro da sua Construction and Tourism-Linked Relay Financing Facility (Contour).

Segundo o Afreximbank, a primeira fase desta facilidade, de 30 milhões de euros, vai fornecer uma garantia de pagamento ao Ecobank Cabo Verde, agente administrativo local e financeiro dos trabalhos de construção, e permitirá ao grupo Decameron New Horizon financiar os trabalhos, mas igualmente comprar equipamento e mobiliário.

A segunda fase de 27 milhões de euros será concedida ao empreteiro, o Es-Ko Group, como capital para a compra de equipamento, mobiliário e acessórios suplementares.

"Esta facilidade abrange o nosso apoio ao setor turístico de Cabo Verde de 102 milhões de dólares americanos", indicou o Presidente do Afreximbank, explicando que este apoio se enquadrava no contexto da recente projeção da Organização Mundial do Turismo (OMT) segundo a qual Cabo Verde poderá tornar-se um dos dez maiores destinos mundiais nos próximos dez anos.

Enquanto o turismo represente atualmente mais de 46,9 porcento da economia e poderá atingir 50 porcento até 2018, Cabo Verde oferece um ambiente favorável para este projeto, congratulou-se Ekra, sublinhando o impacto positivo que o turismo poderá ter na produção de receitas, no fluxo de divisas estrangeiras e na criação de empregos.

O Presidente do Grupo Decameron Cape Verde, Jean-Marie Gras, saudou o programa Contour do Afreximbank enquanto "facilidade única e original que permite a países como Cabo Verde aceder aos financiamentos de que necessitam tanto para realizar realmente o seu potencial turístico".

Por seu lado, o diretor executivo do Grupo Ecobank, Mamady Diakité, disse que a colaboração neste projeto deu à sua organização a sua primeira oportunidade de concluir uma transação ligada ao turismo em Cabo Verde.

O complexo hoteleiro de 544 quartos compreenderá um centro de conferências, restaurantes à beira-mar e um centro de fitness e relaxe. Panapress

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription