Túnis - As autoridades suecas suspenderam, desde segunda-feira, o apelo aos seus cidadãos para evitarem deslocar-se para a Tunísia, anunciou o ministério tunisino do Turismo num comunicado.

"A Suécia não registou nenhum novo atentado nos últimos três meses ou ato que ameace seus cidadãos na Tunísia, depois de todas as medidas necessárias tomadas para a proteção dos turistas estrangeiros", sublinhou o Ministério.

Alguns países europeus pediram e advertiram aos seus cidadãos para não viajarem para a Tunísia no rescaldo dos ataques terroristas contra o Museu de Bardo e um hotel na cidade de Sousse em março e junho últimos e que fizeram dezenas de mortos entre turistas estrangeiros.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription