Praia - O responsável pela execução das obras de ampliação e modernização do aeroporto internacional Nelson Mandela, na Cidade da Praia, capital de Cabo Verde, fez  um balanço "positivo" do andamento dos trabalhos. A previsão é que as obras estejam concluídas em Janeiro de 2017, noticiou a agência Inforpress.

Ricardo Salústio disse que de acordo com as previsões actuais da Direcçao-Geral de Infraestruturas, as obras de ampliação e modernização do lote 1 e 2 do Aeroporto Internacional Nelson Mandela estarão prontas o mais tardar no próximo ano, prazo estipulado a partir da data da ordem de serviço para início dos trabalhos.

O projecto tem como objectivo a extensão e a modernização do Aeroporto Internacional Nelson Mandela, com vista o aumento quantitativo e qualitativo da sua capacidade de acolhimento e processamento de passageiros, bagagens e carga e o aumento da capacidade de estacionamento de aeronaves.

As obras do projecto são financiadas pelo Banco Africano para o Desenvolvimento (87,5%) e pelo Governo de Cabo Verde (12,5%). O montante do pacote de financiamento ascende a aproximadamente 32.800.000 EUR e cobre todas as despesas com a concepção, fiscalização, sensibilização, auditoria, seguimento/avaliação e execução das obras.

O edifício atual do Aeroporto Internacional Nelson Mandela abrange uma área de 6.960 metros quadrados. Após execução do projeto de extensão e modernização, passará a ter uma área de 10.700 metros quadrados.

 Depois de décadas a funcionar como o Aeródromo "Francisco Mendes", antigo combatente guineense e primeiro-ministro da Guiné-Bissau, o aeroporto recebeu em 2012 a distinção do Governo de Cabo Verde que decidiu homenagear o antigo presidente sul-africano e lutador pela liberdade, democracia e direitos humanos, Nelson Mandela.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription