Praia - A possibilidade de supressão de vistos para cidadãos europeus do espaço Schengen está a ser objeto de análise  pelas autoridades governamentais de Cabo Verde. O assunto foi debatido, na última sexta-feira (16), na cidade da Praia, durante encontro do primeiro-ministro, Ulisses Correia da Silva, com o presidente da República, Jorge Carlos Fonseca.

Durante o encontro de mais de uma hora, foram analisados, entre outros assuntos, a possibilidade de "Cabo Verde estender as suas fronteiras para algo semelhante ao espaço Schengen", confirmou o primeiro-ministro, em declarações à imprensa, no final da audiência.

"É uma construção que vai exigir negociações para garantir com que Cabo Verde possa aproveitar toda a dinâmica de desenvolvimento do turismo neste momento e quebrar , de certa forma, um obstáculo psicológico que é as fronteiras", sublinhou o primeiro-ministro, citado pela agência Inforpress.

Segundo o primeiro ministro, são estudos que vão ser feitos para depois se poder tomar uma decisão em definitivo.

"Temos uma parceria de mobilidade com a União Europeia (UE) que, seguramente, será objecto de negociação e de desenvolvimento que poderá eventualmente encaminhar para a mobilidade completa dos cidadãos cabo-verdianos para o espaço europeu que, de certa forma, já existe para determinadas categorias e segmentos devidamente estabelecidos", recordou o Chefe do Governo.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription