Praia - O ministro da Economia e Emprego de Cabo Verde, José da Silva Gonçalves, anunciou que o país vai candidatar-se a membro executivo da Organização Mundial de Turismo (OMT), cuja eleição será realizada no mês de setembro.

José da Silva Gonçalves fez esta declaração aos órgãos da comunicação à margem do encontro que manteve na cidade da Praia com a Câmara de Turismo de Cabo Verde para analisar recomendações e conclusões do Fórum de Turismo realizado em Boa Vista.

Segundo o ministro da Economia e Emprego, a proposta de Cabo Verde de candidatar-se a membro executivo da Organização Mundial de Turismo (OMT) foi apresentada na quinta-feira, 2, ao Conselho de Ministros.

"Espero ter o mesmo resultado e sucesso de quando fomos eleitos membro do conselho executivo da ICAO, em que Cabo Verde recebeu 132 votos de 176 países membros", disse o governante, que se mostra confiante de que no turismo o país "irá merecer certamente a mesma atenção".

Neste âmbito, prometeu que Cabo Verde irá fazer "o seu "melhor" para entrar no conselho executivo da OMT.

A OMT é uma agência especializada das Nações Unidas e a principal organização internacional no campo do turismo, destinada à promoção e ao desenvolvimento do sector.

Funciona como um fórum global para questões de políticas turísticas e como fonte de conhecimento prático sobre o turismo, promovendo um turismo responsável, durável e acessível a todos, prestando atenção particularmente aos interesses dos países em desenvolvimento.

Tem sede em Madrid, Espanha, e conta como membros 157 países, sete territórios e mais de 300 membros afiliados, representando o sector privado, instituições educacionais, associações e autoridades locais de turismo.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription