O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, afastou, por decreto, a administração da transportadora aérea estatal TAAG, liderado por Peter Hill, na sequência da decisão dos árabes da Emirates, que se retiraram da gestão da companhia.

A informação consta de um comunicado divulgado pela Casa Civil do Presidente da República, dando conta que o decreto exarado pelo chefe de Estado dá como “findo o mandato do conselho de Administração da TAAG”, informa a agência Lusa.

O conselho de administração da TAAG tinha sido nomeado em 15 de setembro de 2015. De acordo com o comunicado presidencial, a exoneração dos administradores foi decidida “na sequência da rescisão unilateral” pela Emirates do contrato de gestão com a companhia aérea nacional.

No mesmo decreto exarado hoje, José Eduardo dos Santos procede à nomeação de uma comissão de gestão para “assegurar a continuidade da atividade” da transportadora, que será coordenada por Joaquim Teixeira da Cunha, antigo presidente do conselho de administração.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription