O ministro do Interior de Moçambique, Basílio Monteiro, considera ser urgente que a Polícia pare com comportamentos incorretos com os turistas.

“Temos registado queixas por parte de turistas sobre atitudes incorretas dos nossos agentes. Por isso, urge repensar as estratégias de fiscalização para acabar com estas situações”, afirmou Basílio Monteiro, citado nesta terça-feira pelo diário Notícias.

Falando durante a tomada de posse de novos quadros do Serviço Nacional de Migração (SENAMI), Basílio Monteiro declarou que a propagação de imagens de polícias a extorquir turistas ou a molestá-los têm gerado uma imagem negativa sobre Moçambique como destino turístico.

“Estes atos são muitas vezes registados com recurso a meios de captação audiovisual e depois disseminados pelo mundo com a rapidez que as tecnologias de informação e informação proporcionam, criando uma imagem desfavorável ao fluxo normal do turismo”, sublinhou o ministro moçambicano do Interior.

Os serviços da lei e ordem que entram em contato com os turistas, prosseguiu Basílio Monteiro, devem pautar pelo bom atendimento, tratando os turistas com cortesia, no quadro das leis moçambicanas.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription