Lisboa - Após uma acentuada queda em janeiro, o turismo brasileiro em Portugal manteve o sinal negativo em fevereiro, com o número de dormidas de cidadãos brasileiros na hotelaria lusa a recuar 3% em comparação com o mesmo mês do ano passado.

Os números do Instituto Nacional de Estatística (INE) revelam que entre os 12 mercados emissores de turistas estrangeiros para Portugal o Brasil é o único que começou 2016 em queda. Considerando o conjunto do bimestre janeiro/fevereiro, o turismo brasileiro em Portugal apresenta uma descida de 10,9% face a 2015. Neste período os hotéis lusos tiveram 174 mil dormidas de turistas brasileiros.

Em contraste, o mercado externo que mais cresce este ano na clientela dos hotéis portugueses é o dos Estados Unidos da América, com subidas de 52,5% em fevereiro e de 38,4% no bimestre, face ao ano passado.

Apesar da descida na procura de turistas brasileiros pelo destino Portugal, o Brasil conserva a sexta posição entre os maiores mercados emissores de turistas estrangeiros. A lista é dominada pelo Reino Unido. O segundo maior fornecedor de turistas estrangeiros para Portugal é a Alemanha, seguindo-se Espanha, França e Holanda.

Em 2015 os hotéis portugueses registaram 1,3 milhões de dormidas de turistas brasileiros, um valor ligeiramente abaixo dos 1,36 milhões de 2014, que foi o melhor ano de sempre do turismo brasileiro em Portugal.

Globalmente os hotéis portugueses contabilizaram em fevereiro 2,55 milhões de dormidas, mais 15,1% do que em igual período de 2015. A procura de turistas portugueses subiu 11,3%, enquanto o negócio com turistas estrangeiros cresceu 16,8%, de acordo com o INE.

O resultado é que as receitas totais dos hotéis portugueses em fevereiro subiram 20,6%, alcançando os 118,6 milhões de euros. No conjunto de janeiro e fevereiro os proveitos cresceram mais de 17%, para quase 223 milhões de euros.

Lisboa - O presidente da Câmara Municipal de Lisboa (Prefeitura), Fernando Medina, vai recandidatar-se à liderança da associação de turismo local, numa lista que tem o administrador da ANA-Aeroportos de Portugal como presidente adjunto.

Em comunicado, a Associação Turismo de Lisboa (ATL) explica que esta é uma "lista de consenso que integra representantes das principais entidades associadas", que será votada no próximo dia 27 de abril, informa a agência Lusa.

Liderada por Fernando Medina - que detém o pelouro do Turismo no executivo camarário -, a candidatura para os corpos sociais do triénio 2016-2019 conta com o presidente da ANA, Jorge Ponce de Leão, como número dois da direção, substituindo o administrador da Top Atlântico DMC, Mário Machado. Este último passará a ser mandatário da lista.

Já Rui Sousa, diretor regional de operações do Hotel Tivoli, é candidato ao cargo de presidente do 'Convention Bureau'.

A lista de vogais da direção inclui o presidente da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa, Vitor Costa, e os autarcas Rui Pereira (vice-presidente da Câmara de Sintra), Nuno Piteira Lopes (vereador da Câmara de Cascais) e Célia Fernandes (vereadora da Câmara de Mafra), que já assumem estas posições.

Para representar as associações do setor, a lista de vogais integra ainda o vice-presidente da direção executiva da Associação da Hotelaria de Portugal, Bernardo Trindade, o presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo, Pedro Costa Ferreira, o diretor-geral da Associação de Restauração e Similares de Portugal, José Manuel Esteves, a presidente da União de Associações do Comércio e Serviços, Carla Salsinha, e a diretora-geral da associação empresarial Lisboa, Feiras, Congressos e Eventos, Maria João Rocha de Matos.

Outros dos nomes presentes na lista para a direção são o presidente do NewsMuseum, Luís Paixão Martins, a presidente da empresa municipal de cultura EGEAC, Joana Cardoso, o diretor-geral da The Live Company, Álvaro Covões, o vice-presidente comercial da TAP Portugal, Luiz Mór, e o administrador do Hotel Marquês de Pombal, José Marto.

Rui Horta, responsável da TopMic, recandidata-se a presidente da mesa da assembleia-geral do Turismo de Lisboa, contando com o diretor do Museu Nacional de Arte Antiga, António Pimentel, como secretário, e com o administrador do Grupo Barraqueiro, Martinho Santos Costa, como vogal.

O candidato a presidente do conselho fiscal é Luís Castanheira Lopes, do Grupo Pestana, tendo Filipe Taveira, da empresa AVIS, como secretário, e Isabel Cruz Almeida, do Mosteiro dos Jerónimos, como vogal.

Criada em 1997, a ATL é uma entidade privada sem fins lucrativos com mais de 800 associados, que tem como missão promover Lisboa enquanto destino turístico.

Rio de Janeiro - O Comitê Rio 2016 colocou à venda, quinta-feira (14), mais de 1 milhão de ingressos para os Jogos Olímpicos, incluindo entradas para a cerimônia de abertura e as finais do basquete masculino e do futebol masculino – muito procuradas pelos torcedores. A modalidade com mais entradas disponíveis é o futebol masculino.

A venda dos tíquetes começou ao meio-dia, após o sorteio que definiu as chaves do futebol masculino e feminino. No total, os Jogos Olímpicos deste ano têm 7,4 milhões de ingressos. Excluindo a carga de reserva, chamada carga de contingência (1,7 milhão), 5,7 milhões foram colocados à venda até agora. Desse total, o Comitê Rio 20916 comercializou 62% (3,5 milhões). Os bilhetes podem ser adquiridos pelo site www.rio2016.com/ingressos.

Após o sorteio, ficou definido que a seleção brasileira sub-23 enfrentará o Iraque, a África do Sul e a Dinamarca na primeira fase do torneio de futebol masculino dos Jogos Olímpicos. Para o jogador Ronaldinho Gaúcho, eleito por duas vezes o melhor futebolista do mundo e campeão mundial com a seleção, o sorteio trará boa sorte para a seleção canarinho, embora, segundo ele, não haja adversário fraco no futebol atual. "Acho que ficou bom sim [grupo]. Dá para o Brasil passar bem para a próxima fase. Estou muito confiante, mas nunca dá para dizer que é fácil. Claro que é um grupo favorável, mas encontraremos dificuldades", disse.

Sobre a possibilidade de o Brasil encarar a Alemanha, algoz da seleção principal durante a Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil, Ronaldinho descartou a possibilidade de haver um sentimento de revanche. O craque avalia que são competições distintas. "É inevitável não lembrar o que aconteceu, mas cada competição tem sua história. Não dá para acreditar que vai ser igual. Os jogadores têm que focar em fazer bons jogos e entrar para a história ganhando pela primeira vez a medalha de ouro."

O técnico da seleção brasileira sub-23 e da principal, Dunga, fez coro ao discurso de Ronaldinho sobre não existir jogo fácil, mas se disse satisfeito com o sorteio e frisou a importância de uma boa estreia. "Gostei do sorteio, temos equipes de qualidade pela frente, e a gente tem que trabalhar muito bem para chegarmos preparados. Esse primeiro jogo com a África do Sul é importantíssimo. Sendo uma estreia, você obrigatoriamente tem que vencer para trazer a torcida pro seu lado", afirmou Dunga.

O coordenador de Seleções da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Gilmar Rinaldi, destacou a preparação da seleção masculina sub-23 para os Jogos. "Pela primeira vez, a gente está trabalhando nesse planejamento com dois anos de antecedência. Quando eu joguei as Olimpíadas, eu tive apenas uma semana de preparação. Há dois anos, a seleção olímpica vem se reunindo, e os nossos observadores vem trabalhando para analisar quem pode ser convocado", destacou.

Já o técnico da seleção feminina, Vadão, mostrou-se confiante na campanha que as meninas podem realizar nas Olimpíadas. "Nossa força é o talento. Nós temos muito talento. O que nos faltava era uma questão de equiparação física em relação a algumas seleções, o que a gente conquistou no ano passado utilizando a nossa seleção permanente. Atualmente temos jogadoras disputando competições ao redor do mundo, deixando-nos mais preparados". A seleção feminina ficou no Grupo E, com as seleções da Suécia, da China e da África do Sul.

Os torneios de futebol, masculino e feminino, serão disputados entre os dias 3 e 20 de agosto, com partidas no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte, em Brasília, em Manaus, em Salvador e em São Paulo. Agência Brasil

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription