Os angolanos já podem voltar a viajar para Portugal com vistos de turismo, disse o embaixador português em Angola, assinalando o aumento de 400% na emissão de vistos no segundo semestre de 2021 graças ao protocolo de facilitação.

A mobilidade é, segundo Francisco Duarte Alegre, um elemento central do relacionamento bilateral entre Portugal e Angola.

“Por isso mesmo decidimos, no passado dia 15 de março, eliminar as restrições que ainda existiam no quadro da pandemia para os PALOP [Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa], sendo agora possível viajar para Portugal com vistos de turismo”, disse Alegre à Lusa.

A nova situação foi transmitida na quarta-feira durante a audiência que manteve com o presidente da Assembleia Nacional, Fernando Dias dos Santos, em que foram também debatidas formas de reforçar a cooperação parlamentar entre os dois países.

“Vamos trabalhar para fazer mais e melhor, sobretudo agora que estamos num contexto diferente, de quase fim de pandemia”, afirmou o embaixador português, destacando a melhoria dos procedimentos na área consular, desde a assinatura do Protocolo de Facilitação de Vistos, em julho de 2021.

Desde essa altura, a emissão de vistos para tratamento médico aumentou 380%, enquanto os vistos de estudo aumentaram cerca de 391%. No segundo semestre de 2021, a emissão de vistos (Schengen e nacionais) aumentou mais de 400%.

Os vistos Schengen destinam-se a estadias de curta duração, enquanto os vistos nacionais podem ser de estada temporária, por período inferior a um ano, ou para obtenção de autorização de residência.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, foram concedidos mais de 13 mil vistos a angolanos, contabilizou Francisco Duarte Alegre, sublinhando que os procedimentos nos consulados “são revistos com a regularidade necessária, com vista ao seu aperfeiçoamento”.

Os passageiros oriundos de Angola devem apresentar à chegada a Portugal o certificado digital covid da UE na modalidade de vacinação ou recuperação, ou em alternativa, comprovativo de teste à covid-19 com resultado negativo, realizado nas anteriores 72 horas no caso de teste RT-PCR ou 24 horas no caso do teste rápido de antigénio (TRAg) antes do embarque.

Crianças com menos de 12 anos estão isentas de apresentação de certificado de vacinação ou do comprovativo de teste à covid-19.

Escrito por: África 21 Digital

 

Um avião da China Eastern Airlines que fazia a ligação aérea entre as cidades chinesas de Kunming (sudoeste) e Cantão caiu hoje (21) com 132 pessoas a bordo, informou a televisão estatal CCTV.

O Boeing-737 caiu perto da cidade de Wuzhou, na região de Guangxi, e “causou um incêndio” nas montanhas, informou a CCTV, acrescentando que as equipas de resgate foram enviadas para o local.

Desconhece-se para já se há sobreviventes.

Escrito por: África 21 Digital

Mais de 230 caçadores furtivos foram detidos e mais de 300 armas de fogo apreendidas, entre 2016 e 2021, no Parque Nacional de Zinave, em Moçambique, disse a diretora-geral da Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC).

Celmira Silva disse que quatro tratores e mais de 520 toros de madeira foram apreendidos naquele parque, no referido período, noticiou a Rádio Moçambique.

Aquela responsável falava numa ação de formação de fiscais florestais no distrito de Vilankulo, província de Inhambane, onde se situa o Parque Nacional de Zinave.

“Estes e outros resultados alcançados foram possíveis com a colaboração da polícia e governo locais, líderes comunitários e alguns membros das comunidades”, disse.

A diretora-geral da ANAC assinalou que o aumento do número de fiscais de parques e reservas naturais, bem como a sua formação constituem prioridades das autoridades moçambicanas visando a intensificação da luta contra a caça furtiva.

O Parque Nacional do Zinave faz parte das Áreas de Conservação Transfronteiriça do Grande Limpopo (ACTF), que inclui os parques nacionais de Banhine e do Limpopo, ambos na província de Gaza, e Parque Nacional do Zinave.

As ACTF incluem igualmente os parques nacionais do Gonarezhou National Park, no Zimbabué, e o Parque Nacional Kruger na África do Sul.

Escrito por: África 21 Digital

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription