A fronteira de Ressano Garcia, que garante a travessia entre a província de Maputo e a África do Sul, registou 20 mil entradas em Moçambique, entre os dias 21 a 25 de dezembro, disseram as autoridades migratórias.

“As autoridades moçambicanas tiveram de redobrar esforços para responder à demanda dos serviços fronteiriços, face ao movimento intenso”, disse Osvaldo Coreia, porta-voz do Serviço Nacional de Migração (Senami), citado hoje pelo jornal “O País”.

O elevado número de visitantes provocou uma sobrecarga nos serviços migratórios do lado sul-africano, levando a queixas dos viajantes, acrescentou o porta-voz.

Os utentes chegaram a demorar nove horas do lado sul-africano, levando apenas dez minutos do lado moçambicano, explicou.

Para esta quadra festiva, o Senami prevê que o movimento de entradas atinja o seu pico entre os dias 22 e 28 de dezembro.

A Cabo Verde Airlines (TACV) lança campanha promocional para celebrar os 60 anos de existência da empresa, com ofertas até 60 % de desconto em todas as rotas.
 

Em declarações à Inforpress, o diretor comercial da empresa, Raúl Andrade, explicou que a campanha promocional está disponível a partir desta quinta-feira (27) até 15 de Janeiro, para viajar até Março de 2019. Serão disponibilizadas tarifas promocionais em todas as rotas com todas as taxas incluídas, mas com lugares limitados sendo que o desconto irá depender da função de ocupação dos voos.

A partir de 27 de Dezembro, os bilhetes Praia-Paris podem ser adquiridos a partir de 37.840 escudos, Praia-Boston 63.440 escudos, Praia-Dakar 27.240 escudos, Praia-Fortaleza 33.640 escudos e Praia-Lisboa por 28.440 escudos.

A partir da ilha do Sal, os clientes podem adquirir um bilhete de ida e volta para Dakar a partir de 26.040, escudos, para o Brasil por 32.440 escudos, Paris por 29.840 escudos e Lisboa por 28.440 escudos.

O ministro dos Negócios Estrangeiros cabo-verdiano anunciou que a partir do próximo ano os cidadãos da União Europeia estarão isentos de vistos de curta duração para entrar em Cabo Verde, medida várias vezes adiada.

Citado pela agência de notícias cabo-verdiana (Inforpress), Luís Filipe Tavares falava aos jornalistas na cidade da Praia, onde decorreu a IX reunião do diálogo político a nível ministerial entre a União Europeia (UE) e Cabo Verde, no âmbito da Parceria Especial entre a organização e o país.

Segundo o ministro, as relações de cooperação entre Cabo Verde e a UE são “muito positivas”, estando o Governo confiante de que no futuro serão ainda “muito mais fortes” e “consolidadas”.

Ainda de acordo com a Inforpress, a mobilidade foi um dos temas abordado no encontro, na qual esteve presente o secretário de Estado das Finanças da Áustria, Hubert Fuchs, em representação da alta-representante da UE para Política Externa e Segurança, Federica Mogherini.

Sobre este assunto, Luís Filipe Tavares disse que “não tem havido problemas” e que estão a trabalhar para “afinar e ajustar” alguns instrumentos.

Por seu lado, o secretário de Estado das Finanças da Áustria, Hubert Fuchs, mostrou-se confiante de que, no futuro, a relação entre o arquipélago e a UE será “muito boa”.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription