Luanda - A rede internacional de hotéis Park Inn está a instalar cinco unidades nas maiores cidades angolanas, anunciou aquele grupo, após ter chegado a entendimento com o Instituto de Fomento Turístico de Angola para avançar com o projeto.

Os cinco hotéis serão instalados num prazo de até 18 meses nas cidades de Luanda, Cabinda, Benguela, Lubango e Moçâmedes, num total de 650 quartos, operando com a marca Park Inn by Radisson, de acordo com informação que o grupo transmitiu num fórum hoteleiro que está a decorrer em Kigali, no Ruanda.

Segundo a revista da especialidade Ehotelier, que acompanhou este fórum, o hotel em Moçâmedes (Namibe) já está concluído e será alvo de transformação, enquanto as restantes quatro unidades estão em fase avançada de construção, informa a agência Lusa.

Não foi revelado o montante do investimento que o grupo vai realizar em Angola ou o tipo de hotéis em causa.

O grupo Carlson Rezidor Hotel, que opera a marca Park Inn, presente em todo o mundo, prevê elevar para 23.000 o total de camas em África até 2020.

O setor do Turismo em Angola empregava em 2015 cerca de 192.000 trabalhadores, representando então mais de 530 mil visitas anuais.

Numa estratégia de diversificação da economia, que continua dependente das exportações de petróleo, e das suas receitas, a meta do executivo angolano passa por atingir um milhão de trabalhadores e 4,7 milhões de turistas (acumulado) até 2020.

Angola conta atualmente com cerca de 180 unidades hoteleiras de várias dimensões, totalizando à volta de 8.000 camas, segundo dados do Governo.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription