O embaixador de Cabo Verde em Angola, Jorge Figueiredo, anunciou hoje, na cidade de Benguela,  litoral sul, estar em estudo a reabertura de ligação aérea direta entre as cidades da Praia e Luanda,  a operar pelas companhias de bandeira dos dois países, a TAAG e a TACV.

No âmbito das relações bilaterais os dois países continuam a discutir a retomada dos voos para Cabo Verde, depois de um ano de suspensão, disse o diplomata à saída de uma audiência concedida pelo governador provincial de Benguela, Rui Falcão, com quem abordou aspectos ligados ao estabelecimento de parcerias nos domínios da educação, agricultura e construção.

O governo provincial de Benguela manifestou interesse em contar com a cooperação cabo-verdiana nessas áreas. Na área da educação, Benguela pretende acolher professores para o ensino básico, secundário e tecnológico

Durante os três dias de visita, Jorge Figueiredo vai manter encontros com as comunidades cabo-verdianas e descendentes, de forma a se inteirar das principais dificuldades que enfrentam, nomeadamente, na renovação da documentação de residência, registo civil e na obtenção de nacionalidade.

Os voos entre Luanda e Praia foram suspensos pela companhia área angolana TAAG em Novembro de 2017  por ser uma rota deficitária, com uma taxa de ocupação inferior a 50 por cento.

A seguir à  capital, Luanda,  Benguela é a segunda província do país com maior concentração cabo-verdiana, totalizando 600 cabo-verdianos residentes.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription