O acordo de isenção de vistos, assinado entre o Governo de Cabo Verde e Angola, entra em vigor a partir desta quarta-feira, 01 de Julho, depois de o Presidente angolano, João Lourenço, assinar o documento que o confirma.

De visita à Cidade da Praia, o ministro angolano da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão Almeida, disse que para o seu país essa medida demonstra a excelência das relações existentes entre Angola e Cabo Verde.

“Estamos em crer que isso vai ser um aspecto positivo que vai reforçar os laços de cooperação e amizade entre os nossos dois Estados e vai trazer, seguramente, benefícios para os nossos dois povos”, salientou.

Adão Almeida explicou que uma das reformas que Angola está a fazer está voltada para a eliminação de certas barreiras quer para o investimento, quer para o domínio da circulação de pessoas e bens entre os países.

“O que está a ser feito com Cabo Verde está a ser feito com outros Estados”, indicou o governante angolano, que chefia uma delegação técnica que se encontra na C idade da Praia para se inteirar da experiência cabo-verdiana, no momento em que Angola se prepara para a implementação da descentralização.

A supressão de vistos entre os dois Estados foi um dos assuntos que marcou a visita oficial do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, a Angola, no final do mês de abril, tendo, na ocasião, realçado que se tratava de uma “grande vitória”, o acordo que permite circulação dos cabo-verdianos sem vistos para Angola e angolanos sem visto para Cabo Verde.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription