Os turistas chineses gastaram 221 mil milhões (bilhões) de euros no exterior, em 2017, o equivalente a um quinto dos gastos mundiais em serviços de turismo, segundo um relatório da Organização Mundial do Turismo (OMT).

Os chineses gastaram mais em setores de nicho, incluindo degustação de whisky, atividades ao ar livre ou a ver a Aurora Boreal, destaca o documento.

O mesmo relatório revela que o total mundial faturado pela indústria do turismo ascendeu a 1,3 biliões de dólares (cerca de 1,1 biliões de euros), no ano passado.

No total, 129 milhões de chineses viajaram para o estrangeiro em 2017, mais 5,7% do que no ano anterior.

A China é o país mais populoso do mundo, com cerca de 1.400 milhões (1,4 bilhão) de habitantes.

A maioria dos turistas chineses fica por Hong Kong e Macau, as duas regiões administrativas especiais da China, mas o Sudeste Asiático, Estados Unidos, Europa e Austrália atraem cada vez mais a nova classe média chinesa, numa vaga que beneficia também Portugal.

No ano passado, o número de chineses que visitaram Portugal cresceu 40,7%, para 256.735, segundo dados do Instituto Nacional de Estatísticas português.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription