O ministro angolano do Desenvolvimento Económico e Social, Manuel Nunes Júnior, defendeu hoje, em Luanda, a necessidade de Angola estabelecer parcerias internacionais, para proporcionar a criação de produtos turísticos competitivos e de boa qualidade, de modo a atrair maiores fluxos de turistas das várias regiões do mundo.

O ministro discursava, nesta terça-feira (19), na cerimónia de abertura da 1ª reunião ordinária da Comissão Multissetorial da Hotelaria e Turismo, que contou com a presença da ministra da Hotelaria e Turismo, Ângela Bragança, e dos titulares dos órgãos ministeriais, que compõem a referida Comissão.

Na sua alocução, o ministro referiu que para o estabelecimento de parcerias internacionais, há necessidade de promover todas as ações necessárias para simplificação do processo de atribuição de vistos para turistas internacionais. Apontou, de igual modo, a necessidade de fazer o mapeamento, cadastramento e a organização dos recursos turísticos existentes em todo o país, assim como segmentar os mercados emissores de turistas e categorizar os produtos turísticos angolanos.

Segundo o governante, deve-se prosseguir com o projecto de implementação dos pólos turísticos de Cabo Ledo e Calandula e elaborar uma estratégia de promoção internacional do projecto KAZA  Okavango – Zambeze.

Ao Estado, acrescentou, cabe criar as condições institucionais, macroeconómicas e de segurança, para que a indústria turística floresça, sendo a mobilização do setor privado, das associações de especialidade e dos operadores turísticos, componente determinante para o sucesso.

A Comissão Multissetorial da Hotelaria e Turismo é o órgão de auscultação e apoio consultivo do Ministério da Hotelaria e Turismo, que congrega os departamentos ministeriais com atividades relacionados ao setor turístico.

O turismo global cresceu neste ano 7%, de acordo com dados divulgados pela Organização Mundial do Turismo (OMT). As visitas turísticas chegaram a 1,1 bilhão nos primeiros dez meses de 2017, de acordo com a agência. O número equivale a 70 milhões de novos visitantes em relação ao mesmo período do ano anterior.

Entre os fatores que contribuíram para esse desempenho estão o crescimento sustentado ocorrido em muitos destinos e uma recuperação firme naqueles que sofreram declínio no ano passado.

A China lidera os mercados de origem de visitantes e registou um aumento de 19% no período analisado, seguida pela Coreia do Sul com 11% e pelos Estados Unidos e Canadá com 9%.

A OMT destaca a “robustez extraordinária” ocorrida especialmente nos destinos da Europa e da África que cresceram 8% cada. Essas regiões foram marcadas pelo mais rápido crescimento no turismo internacional.

A América do Sul lidera o crescimento nas visitas de turistas nas Américas com 7%. Na América Central e no Caribe o aumento foi de 4%, o que mostra “sinais claros de recuperação” em outubro após a passagem dos furacões Irma e Maria.

O diretor geral da OMT, Taleb Rifai, destacou que deve ser reconhecida a forte resiliência do turismo que é refletida no crescimento contínuo em muitos destinos do Oriente Médio e na recuperação rápida em outros destinos.

O responsável destacou ainda os benefícios do setor para as comunidades locais e para os visitantes na promoção da paz, do entendimento mútuo, do respeito pelo patrimônio cultural e pelos valores.

A transportadora aérea portuguesa TAP venceu três categorias nos prémios Meios e Publicidade, que distinguem “as melhores estratégias de marketing e comunicação”, tendo em conta os seus objetivos e resultados.

A companhia venceu na categoria “Automóvel e Transportes” com a campanha Viajar é TAP e nas categorias “Viagens e Turismo” e “Mercados Internacionais” foi distinguida a campanha de lançamento do programa Portugal Stopover.

A empresa “está cada vez mais atenta aos diferentes públicos com quem trabalha, procurando continuamente a melhor forma de se dirigir aos seus clientes”, comentou a diretora de marketing da transportadora portuguesa, Paula Canada.

Reserve já

motor reservas

Newsletter

introduza os seus dados de registo| enter your registration data| entrez vos données d'inscription